Suporte ao cliente

e franquias de sucesso
27/05/2019
Suporte ao cliente

“Vou abrir uma franquia, e agora?” Essa com certeza é uma pergunta que já passou pela cabeça de muitos empresários que assinaram o contrato e deram entrada no processo de abertura de franquias.

A insegurança de começar algo novo é comum, mas ela pode prejudicar e muito o desenvolvimento de um projeto, independente da experiência e de popularidade da franquia.

É papel da franqueadora amparar e dar todo o suporte necessário para os novos franqueados. Tudo isso vai evitar que situações desagradáveis aconteçam e os problemas, que de início parecem gigantescos, possam ser solucionados de maneira simples e tranquila.

Esse é o verdadeiro segredo para que as franquias sejam bem-sucedidas e estruturadas.

O suporte ao cliente é o que leva as franquias a serem um sucesso, e ele deve começar de cima.

Pronto para entender como tudo isso realmente funciona? Então vamos lá!

 

Qual é a importância do suporte ao cliente nos primeiros meses

 

Quando você faz uma pesquisa sobre franquias na Internet vai perceber que um dos principais tópicos que os blogs e autoridades do assunto falam é para o empresário observar o suporte que a franqueadora oferece.

Essa é a realidade. Os empresários vão sim te perguntar qual é o suporte oferecido para que ele possa se adaptar ao mercado e colher bons resultados.

A insegurança acaba rondando os pensamentos de todos que vão adquirir uma franquia e ela pode atrapalhar durante o processo.

Por isso é necessário o suporte para:

  • Que o franqueado possa se adaptar aos processos;
  • Evitar que etapas importantes sejam puladas ou esquecidas;
  • Manter um padrão de atendimento aos clientes em todas as unidades;
  • Evitar problemas judiciais no futuro

 

Abrir uma franquia realmente é mesmo vantajoso?

 

Podemos dizer que existe muitas vantagens em abrir uma franquia, principalmente para um empresário de primeira viagem.

A primeira grande vantagem em abrir uma franquia, e podemos dizer que é a mais importante, é que você vai receber um negócio pronto, todo estruturado e já testado.

Ao invés de começar tudo do zero e ir adaptando até chegar ao ponto certo, você vai receber todo um know-how a aplicá-lo em seu dia a dia.

Outras grandes vantagens são:

  • Menor risco de o negócio falir;
  • Reduza o tempo do retorno do investimento;
  • Trabalhe com uma marca já reconhecida no mercado;
  • Não se preocupe com o planejamento, foque em fazer dinheiro e na administração do negócio.

 

O papel da franqueadora

 

O papel da franqueadora é dar todo o suporte para que o franqueado seja tão bem-sucedido quanto ele. Para isso, ele é responsável em:

  • Desenvolver e aperfeiçoar o modelo de negócio
  • Definir processos e delimitar normas
  • Recrutar franqueados seguindo uma linha de critérios
  • Capacitar os franqueados para que mantenham o padrão de qualidade

E muito mais.

Mas o papel mais importante da franqueadora é dar o suporte nos primeiros meses para que o negócio consiga decolar sozinho.

Cada franquia oferece o seu próprio suporte aos franqueados. Por isso não pense que existe um padrão. Algumas oferecem mais, outras menos. Mas o mais importante é que elas amparem seus novos parceiros.

O suporte geralmente aborda sete pontos:

  1. Seleção de ponto comercial
  2. Apoio financeiro
  3. Apoio jurídico e administrativo
  4. Distribuição de manuais
  5. Treinamento de pessoal
  6. Consultoria de campo
  7. Marketing

Vamos conhecer cada uma delas

 

1. Seleção de ponto comercial e projeto arquitetônico

 

Muitas franquias exigem um padrão de ponto comercial. Algumas liberam por regiões, outras por bairros e outras são mais flexíveis e deixam a critério do próprio franqueado.

Tudo isso geralmente é definido nos momentos de negociação, antes do contrato ser assinado.

A franqueadora pode te auxiliar na escolha do imóvel, na definição do local em que a franquia deve funcionar. Caso necessário, é sua função disponibilizar o projeto arquitetônico que será executado.

Isso acontece quando a franqueadora faz um estudo de marketing de localização, uma modalidade que vai estudar a região e definir o espaço que mais se encaixa dentro do seu público de preferência.

Em muitos casos, como as franquias de marketing digital High Sales, a franquia pode funcionar em casa. Uma preocupação a menos logo no início.

 

2. Apoio Financeiro

 

Esse é um dos momentos que muitos empresários temem. A hora em que precisa conversar com o banco para conseguir um empréstimo para dar início ao projeto.

Muitas franquias possuem parcerias com os bancos e podem ajudar os empresários.

Existem muitos casos em que a própria franqueadora financia o projeto até a sua abertura. Depois ajuda apenas no suporte administrativo.

 

3. Apoio jurídico e administrativo

 

Ao fechar negócio, muitas franquias oferecem o apoio jurídico para dar sequência à abertura para orientar quais os próximos passos que não podem deixar de ser executados para evitar qualquer imprevisto legal ou burocrático.

Esse tipo de suporte pode orientar o que deve ser feito legalmente para abrir uma franquia, como registrar-se junto à Junta Comercial, como fazer obter CNPJ e muito mais.

Para evitar qualquer desgaste administrativo, muitas franquias possuem seus próprios software de gestão empresarial. Ao centrar todas as informações da empresa em um único espaço fica mais fácil para o empresário definir o que deve ser feito e ainda controlar seus projetos, produção e clientes.

 

4. Distribuição de manuais

 

Cada franquia tem suas próprias regras e condutas. Um manual reúne tudo o que o novo franqueado precisa saber antes de começar a fazer negócios.

Podemos definir um manual como a padronização dos processos para que a unidade funcione com precisão.

Os manuais podem ser impressos ou digitais, porém são distribuídos para que sejam consultados sempre que surgir alguma dúvida.

É nele que você vai encontrar a padronização do negócio. Independente se o negócio for montado no Brasil ou até mesmo na Lua.

Os manuais precisam ser intuitivos, práticos e sua leitura deve ser rápida. Pode ter a história da marca, como funciona sua comunicação, quem é seu público, algumas dicas de conduta de vendas e muito mais.

 

5. Treinamento de pessoal

 

Uma equipe estruturada e bem treinada vai fazer toda a diferença em qualquer serviço.

É isso que diferencia um negócio bem-sucedido de um que possivelmente vai fechar suas portas.

O treinamento por parte da franquia é uma forma de transmitir para a nova equipe o know-how do negócio, como ele funciona e como a nova unidade deve manter o padrão de qualidade, a identidade da marca e toda a sua essência.

O treinamento pode ser feito presencialmente, como é o caso da maioria das franquias de sucesso. Pode ser feita por videoaulas, videoconferências e até mesmo por meio de palestras.

Esse tipo de evento deve ser algo constante, uma prática que começa na franqueadora e é um hábito transmitido para as suas filiais.

Todos os franqueados são treinados para executar a gestão do negócio, a mexer nas ferramentas, como atender os clientes, como fechar vendas, atrair novos clientes e muito mais. Tarefas rotineiras para o negócio se destacar diante da concorrência.

 

6. Consultoria de campo

 

A consultoria de campo pode funcionar em qualquer momento da vida útil da franquia. Uma vez que o seu propósito é auxiliar o dia a dia do negócio.

O consultor pode apontar para o empresário as melhorias que podem ser feitas e onde o negócio tem falhado. Fica muito mais fácil focar nas dores e melhorar ainda mais os acertos.

Essa é uma maneira que a matriz encontrou para ter uma ideia de como as unidades estão funcionando e o que pode ser feito para que cada uma tenha a oportunidade de melhorar seu negócio e conquistar cada vez mais clientes.

 

7. Marketing

 

Uma das taxas cobradas pela franquia é de marketing. Esse valor é convertido em ações online (Internet) e offline (revista, rádio, televisão, outdoor) para divulgação da rede de franquia.

Algumas ações são voltadas para a consolidação da marca, outras para aumentar o número de clientes, outras para a divulgação de novos produtos e serviços.

Tudo é planejado com uma equipe de marketing preparada e capacitada.

Muitas dessas ações envolvem a distribuição de materiais para as próprias franquias disponibilizarem em seus espaços.

O suporte ao cliente é fundamental para o crescimento de uma franquia de sucesso. Curtiu o conteúdo? Então deixe um comentário, compartilhe suas dúvidas e sugestões com a nossa equipe! Ficaremos felizes em te ajudar em qualquer coisa e também adoramos ouvir novas ideias.